BlogBlogs.Com.Br
Seja bem-vindo ao blog Consciência Acadêmica.

Impressões pessoais sobre notícias ou sobre episódios cotidianos, além de informações de utilidade pública.

quinta-feira, 6 de março de 2008

STF adia decisão sobre pesquisa com célula-tronco embrionária

    Vejam só. O Poder Judiciário se vê obrigado agora a decidir sobre uma lei da Natureza, porque falta um padrão definitivo e concreto que sirva de referência para todos os cidadãos. Afinal de contas, quando começa a vida humana???

    Esta é uma pergunta que seria melhor respondida por quem criou a vida. Como não podemos ouvir a resposta Dele pessoalmente, para todos os efeitos, consideramos o que dizem seus "representantes legais" como sendo o mais sensato e mais próximo da verdade. A vida começa com a fusão dos gametas. Eu ainda vou mais longe. Acho que a vida não tem começo nem fim. O começo não pode se resumir à união de duas células, porque as células já são uma vida pregressa. Eu, por exemplo, já existia, de uma forma ou de outra, antes de os gametas que me formaram se unirem. Minha vida já existia em algum lugar antes de eu nascer, mas fragmentada em células e em partículas. Nessas horas até ganha um certo sentido a idéia da reencarnação. Quando eu morrer, minha vida vai continuar existindo. Minha alma no Além, minhas células e partículas dispersas pelo mundo.

    Filosofias à parte, um embrião pode ser considerado um ser humano porque é composto de matéria viva. Talvez já tenha vontade própria, mas como não pode expressá-la e é um ser indefeso, é melhor protegê-lo e não mexer com ele. Prá encerrar a conversa, os pesquisadores deviam ficar só com as células-tronco de cordão umbilical mesmo. Podem não ser tão totipotentes, mas pelo menos não tem choro prá ninguém.



http://br.noticias.yahoo.com/s/reuters/080305/manchetes/manchetes_ciencia_stf_celulatronco_pol_1

Um comentário:

Felipe disse...

Caro amigo Tony, nao concordo comvsuas palavras. Para mim, a vida so comeca qd o ser possuibsistema nervoso formado e, vou maisblonge, qd possui vida social... Uma mae para se preocupar ppr exemplo