BlogBlogs.Com.Br
Seja bem-vindo ao blog Consciência Acadêmica.

Impressões pessoais sobre notícias ou sobre episódios cotidianos, além de informações de utilidade pública.

sábado, 6 de setembro de 2008

Perfeição, será que um dia a alcançaremos???

    Este videoclipe a seguir é dedicado ao pessoal que está soprando as velinhas neste final de semana, como a companheira Edmara hoje, dia 6, minha irmãzinha Eti, o grande radialista Nélson Augusto, da Rádio Universitária de Fortaleza (www.radiouniversitariafm.com.br), o colégio 7 de Setembro, onde concluí o Ensino Médio, e a suposta independência de nossa pátria amada amanhã, dia 7.

À propósito, aproveito para dedicar também ao povo brasileiro, que em dias assim, se ilude, ficando mais ingênuo que o habitual, como se fosse época de Copa do Mundo de Futebol ou de Jogos Olímpicos, e sai às ruas para ovacionar seus opressores em desfiles militares. Por isso que o Renato Russo era e ainda é o cara, porque teve coragem de dizer "na lata" muitas coisas que outros não queriam ou não podiam dizer em suas músicas. Denunciou muitas coisas erradas do Brasil que estão bem explícitas. Denunciou uma realidade escancarada que até hoje ninguém foi macho o suficiente prá tomar uma atitude e mudar, porque talvez alguém continue lucrando muito, enquanto o Brasil continuar assim. O Brasil não muda porque cada geração já sai torta dos ventres maternos. Ainda vivemos em um lugar onde a maioria dos filhos da classe média cresce querendo ser médicos ou advogados, enquanto a maioria dos filhos dos favelados cresce querendo ser ladrões, à guisa do mau exemplo dado pelos traficantes que lideram as comunidades e por alguns políticos. Essa maldita herança de pobreza, fome, desemprego, falta de educação, de moradia digna e de saúde, narcotráfico e violência tende a se perpetuar.

    Vivemos num lugar onde as grandes empresas querem manipular o acesso às informações e cercear os direitos do cidadão. Se eles pudessem, manipulariam mais a legislação. Tempos atrás, uma operadora de celulares iniciou uma campanha de desbloqueio de aparelhos celulares. Disse que só venderia a partir de então aparelhos desbloqueados e que desbloquearia gratuitamente seus aparelhos antigos. Este ano, foi baixada uma resolução determinando que todas as outras operadoras fizessem o mesmo. A operadora que iniciou a campanha também se prontificou a desbloquear gratuitamente os celulares de outras operadoras, caso elas se recusassem a fazê-lo. Umas das concorrentes não gostou disso e entrou na Justiça, conseguindo uma liminar que impedisse a primeira de divulgar mais informações sobre o desbloqueio nos sites http://www.bloqueionao.com.br/ e http://servicos.novaoi.com.br/desbloqueio/liminar/liminar.asp. Viva o Poder Judiciário, mais uma vez contrariando as leis e o bom senso, em favor dos grandes, como sempre. O que há de errado em divulgar informações lícitas que todos podem e devem saber? É crime falar a verdade? Abaixo a ditadura. Então sugiro a você que passe adiante esta mensagem, porque todos os brasileiros precisam saber disso. Dê uma olhada nos sites que eu mencionei, por gentileza.

    Apesar da mordaça imposta ao movimento "Bloqueio Não", ainda há uma saída. Para saber como desbloquear seu aparelho, se sua operadora se recusar a fazer o serviço, veja instruções no site http://www.blogbrasil.com.br/bloqueio-nao-participe-do-movimento-e-desbloqueie-seu-celular.

    Em princípio, fui contra essa campanha, por achar que o aumento de celulares desbloqueados em circulação estimularia o aumento do roubo de celulares, pois tornaria mais fácil para os receptadores repassarem esses aparelhos, com menos impedimento técnico. Mas isso talvez não tenha influência alguma no prognóstico. Os receptadores devem saber desbloquear aparelhos bloqueados. Cada favela tem seu "Professor Pardal". Onde ele aprendeu a mexer com aparelhos eletrônicos? Na escola é que não foi. Não tem jeito. A Polícia Militar já está "dando o gás". O Ronda do Quarteirão é bom prá espantar mosquitos por algum tempo, mas apenas meia dúzia de tiras não é suficiente prá dar conta de dezenas de baratas, muriçocas, pernilongos e gafanhotos. O Raio é que limpa as ruas de Fortaleza todo dia e a Justiça também joga lixo na rua todo dia. Não adianta. Isso não vai acabar enquanto a Polícia Civil não acordar prá meter a mão na massa e não for atrás de quem está armando aqueles moleques favelados e guardando, comprando e vendendo o que os moleques roubam. Deviam prender também os pais dos moleques, por serem tão coniventes. Vou discorrer sobre isso em outra ocasião.

    Como eu disse, fui contra o desbloqueio. Agora sou a favor porque é interessante que o cliente tenha direito a uma certa maleabilidade. Para alguém que tenha mais de um cartão SIM ou chip, como eu, por exemplo, é interessante, pois posso trocar os chips dos meus aparelhos, de acordo com a conveniência, quando eu for a algum lugar e não puder levar os dois aparelhos. Então eu ponho no aparelho predileto o chip mais conveniente que tenha algum crédito. Geralmente quando saio à pé levo o aparelho mais barato e ponho nele um chip pré-pago e com poucos créditos, pois, se eu perdê-lo, meu prejuízo será pequeno.

    Entretanto, fico meio cabreiro com toda essa publicidade porque presumo que a operadora está desbloqueando qualquer aparelho de graça prá ganhar alguma coisa em troca e o consumidor sair perdendo de algum jeito. Isso mesmo. A operadora em questão não vai mais vender aparelhos. Venderá apenas os chips. Logo, está desbloqueando aparelhos em geral para que eles aceitem seus chips. Como sairemos perdendo? Os aparelhos bloqueados são subsidiados pelas operadoras, por isso são mais baratos. Presumivelmente os aparelhos livres ficarão mais caros. As lojas oficiais de atendimento ao público das operadoras poderão sumir, tornando mais difícil o acesso do consumidor para tirar dúvidas e fazer reclamações. Em suma, devemos ter cuidado. Para mais informações, veja as páginas http://tecnocracia.com.br/arquivos/a-campanha-bloqueio-nao-e-um-engodo-da-oi, http://direitoetrabalho.com/2007/07/desbloqueio-francamente/, http://www.contraditorium.com/2007/07/11/como-matar-uma-excelente-campanha-viral-em-1-passo/ e http://www.chmod007.com/a-verdade-por-tras-da-campanha-bloqueio-nao/. Com relação aos celulares, reveja, por obséquio, a seguinte postagem sobre utilidade pública e saiba o que fazer antes de perder seu aparelho: http://conscienciaacademica.blogspot.com/2008/03/utilidade-pblica-2.html. Reveja também http://conscienciaacademica.blogspot.com/2008/03/servio-de-utilidade-pblica.html e http://conscienciaacademica.blogspot.com/2008/03/sade-versus-violncia.html.

    Este feriado de 7 de setembro me faz lembrar o filme "O que é isso companheiro", que narra um incidente interessante ocorrido no Rio de Janeiro, há quase quarenta anos: o rapto do embaixador ianque. O dia 7 de setembro de 1969 também caiu em um domingo. Se haverá um clássico do tipo Vasco x Flamengo amanhã também, não sei. Eu não teria coragem de fazer o que Fernando Gabeira fez, mas admiro a audácia deles em querer peitar de alguma maneira simbólica o sistema pomposo de fachada que grosso modo vigora até hoje, querendo sempre dar a impressão de que está tudo bem. Por isso eu também posto aqui o trailer do filme.

    Aproveitando o embalo, vou encher esta postagem com uns vídeos patrióticos. Brasil: ame-o ou deixe-o. Quem sair por último apague a luz, por favor.

    Em tempo, acabei de ser informado de que hoje é Dia do Sexo. Para quem vai comemorar, meus parabéns. Não se esqueça da camisinha.

    Neste domingo, a seleção vai jogar. Então, vamos todos juntos, prá frente, Brasil. Salve a seleção, ou melhor, salvem a seleção, pelo amor de Deus.

    Eu também te amo, meu Brasil. Mas depois que nossas hóspedes européias que vieram intercambiar em Sobral foram embora, eu fiquei meio balançado. Estou de luto pela partida delas. Por isso, dedico o último videoclipe ao companheiro Luiz, que é amante convicto das mulatas brazucas. Esse clipe parece as cerimônias de hasteamento da bandeira no Colégio 7 de Setembro.


 











 

Perfeição

Legião Urbana


 

Compositor: Renato Russo

Vamos celebrar
A estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja
De assassinos
Covardes, estupradores
E ladrões...

Vamos celebrar
A estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação...

Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião...

Vamos celebrar Eros e Tanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade...

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais...

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros...

Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã...

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração...

Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado
De absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos
O hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
Comemorar a nossa solidão...

Vamos festejar a inveja
A intolerância
A incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente
A vida inteira
E agora não tem mais
Direito a nada...

Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta
De bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isto
Com festa, velório e caixão
Tá tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou
Essa canção...

Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha!
Que o que vem é Perfeição!...

http://legiao-urbana.lyrics.com.br/letras/76964/.

Construção

Chico Buarque

Composição: Chico Buarque

Amou daquela vez como se fosse a última
Beijou sua mulher como se fosse a última
E cada filho seu como se fosse o único
E atravessou a rua com seu passo tímido
Subiu a construção como se fosse máquina
Ergueu no patamar quatro paredes sólidas
Tijolo com tijolo num desenho mágico
Seus olhos embotados de cimento e lágrima
Sentou pra descansar como se fosse sábado
Comeu feijão com arroz como se fosse um príncipe
Bebeu e soluçou como se fosse um náufrago
Dançou e gargalhou como se ouvisse música
E tropeçou no céu como se fosse um bêbado
E flutuou no ar como se fosse um pássaro
E se acabou no chão feito um pacote flácido
Agonizou no meio do passeio público
Morreu na contramão atrapalhando o tráfego

Amou daquela vez como se fosse o último
Beijou sua mulher como se fosse a única
E cada filho como se fosse o pródigo
E atravessou a rua com seu passo bêbado
Subiu a construção como se fosse sólido
Ergueu no patamar quatro paredes mágicas
Tijolo com tijolo num desenho lógico
Seus olhos embotados de cimento e tráfego
Sentou pra descansar como se fosse um príncipe
Comeu feijão com arroz como se fosse o máximo
Bebeu e soluçou como se fosse máquina
Dançou e gargalhou como se fosse o próximo
E tropeçou no céu como se ouvisse música
E flutuou no ar como se fosse sábado
E se acabou no chão feito um pacote tímido
Agonizou no meio do passeio náufrago
Morreu na contramão atrapalhando o público

Amou daquela vez como se fosse máquina
Beijou sua mulher como se fosse lógico
Ergueu no patamar quatro paredes flácidas
Sentou pra descansar como se fosse um pássaro
E flutuou no ar como se fosse um príncipe
E se acabou no chão feito um pacote bêbado
Morreu na contra-mão atrapalhando o sábado

http://letras.terra.com.br/chico-buarque/45124/.

Deus Lhe Pague

Chico Buarque

Composição: Chico Buarque

Por esse pão pra comer, por esse chão pra dormir
A certidão pra nascer, e a concessão pra sorrir
Por me deixar respirar, por me deixar existir
Deus lhe pague

Pelo prazer de chorar e pelo "estamos aí"
Pela piada no bar e o futebol pra aplaudir
Um crime pra comentar e um samba pra distrair
Deus lhe pague

Por essa praia, essa saia, pelas mulheres daqui
O amor malfeito depressa, fazer a barba e partir
Pelo domingo que é lindo, novela, missa e gibi
Deus lhe pague

Pela cachaça de graça que a gente tem que engolir
Pela fumaça, desgraça, que a gente tem que tossir
Pelos andaimes, pingentes, que a gente tem que cair
Deus lhe pague

Por mais um dia, agonia, pra suportar e assistir
Pelo rangido dos dentes, pela cidade a zunir
E pelo grito demente que nos ajuda a fugir
Deus lhe pague

Pela mulher carpideira pra nos louvar e cuspir
E pelas moscas-bicheiras a nos beijar e cobrir
E pela paz derradeira que enfim vai nos redimir
Deus lhe pague

http://letras.terra.com.br/chico-buarque/72896/.

Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores

Geraldo Vandré

Composição: Geraldo Vandré

Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não
Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Caminhando e cantando
E seguindo a canção...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Pelos campos há fome
Em grandes plantações
Pelas ruas marchando
Indecisos cordões
Ainda fazem da flor
Seu mais forte refrão
E acreditam nas flores
Vencendo o canhão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Há soldados armados
Amados ou não
Quase todos perdidos
De armas na mão
Nos quartéis lhes ensinam
Uma antiga lição:
De morrer pela pátria
E viver sem razão...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(2x)

Nas escolas, nas ruas
Campos, construções
Somos todos soldados
Armados ou não
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Somos todos iguais
Braços dados ou não...

Os amores na mente
As flores no chão
A certeza na frente
A história na mão
Caminhando e cantando
E seguindo a canção
Aprendendo e ensinando
Uma nova lição...

Vem, vamos embora
Que esperar não é saber
Quem sabe faz a hora
Não espera acontecer...(4x)

http://letras.terra.com.br/geraldo-vandre/46168/.

Como Nossos Pais

Elis Regina

Composição: Belchior

Não quero lhe falar,
Meu grande amor,
Das coisas que aprendi
Nos discos...

Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...

Por isso cuidado meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal
Está fechado prá nós
Que somos jovens...

Para abraçar seu irmão
E beijar sua menina na rua
É que se fez o seu braço,
O seu lábio e a sua voz...

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Com uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro da nova estação
Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...

Nossos ídolos
Ainda são os mesmos
E as aparências
Não enganam não
Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer
Que eu tô por fora
Ou então
Que eu tô inventando...

Mas é você
Que ama o passado
E que não vê
É você
Que ama o passado
E que não vê
Que o novo sempre vem...

Hoje eu sei
Que quem me deu a idéia
De uma nova consciência
E juventude
Tá em casa
Guardado por Deus
Contando vil metal...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo, tudo
Tudo o que fizemos
Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Como os nossos pais...

http://letras.terra.com.br/elis-regina/45670/.

Pra Frente Brasil (Copa De 70)

Hinos

Composição: Miguel Gustavo

Noventa milhões em ação,
Pra frente Brasil,
Do meu coração...
Todos juntos vamos,
Pra frente Brasil,
Salve a Seleção!

De repente
É aquela corrente pra frente,
Parece que todo o Brasil deu a mão...
Todos ligados na mesma emoção...
Tudo é um só coração!

Todos juntos vamos,
Pra frente Brasil!
Brasil !
Salve a Seleção!!!

http://letras.terra.com.br/hinos/394819/.

Eu Te Amo Meu Brasil

Os Incríveis

Composição: dom

Escola...
Marche...
As praias do brasil ensolaradas
Lá lá lá lá...

O chão onde país se elevou
A mão de Deus abençoou
Mulher que nasce aqui
Tem muito mais amor

O Céu do meu Brasil tem mais estrelas
O sol do meu país, mais esplendor
A mão de Deus abençoou
Em terras brasileiras vou plantar amor

Eu te amo, meu Brasil, eu te amo
Meu coração é verde, amarelo, branco, azul-anil
Eu te amo, meu Brasil, eu te amo
Ninguém segura a juventude do Brasil

As tardes do Brasil são mais douradas
Mulatas brotam cheias de calor
A mão de Deus abençoou
Eu vou ficar aqui, porque existe amor

No carnaval, os gringos querem vê-las
Num colossal desfile multicor
A mão de Deus abençoou
Em terras brasileiras vou plantar amor

Adoro meu Brasil de madrugada, lá, lá, lá, lá.
Nas horas que eu estou com meu amor,lá,lá,lá,lá.
A mão de Deus abençoou.
A minha amada vai comigo aonde eu for.

As noites do Brasil tem mais beleza, lá, lá, lá, lá.
A hora chora de tristeza e dor, lá, lá, lá, lá.
Porque a natureza sopra e ela vai-se embora enquanto eu planto amor.

Eu te amo meu Brasil, eu te amo.
Meu coração é verde, amarelo, branco, azul anil.
Eu te amo meu Brasil, eu te amo.

Ninguém segura a juventude do Brasil. 2 x

http://letras.terra.com.br/os-incriveis/332979/.

Um comentário:

Luiz disse...

Ficou massa bixo!!!
Tu tem q escrever um livro de cronicas!!!! "Crônicas de um estudante de medicina" !!!!


Abraço do Colega GIA!!!!