BlogBlogs.Com.Br
Seja bem-vindo ao blog Consciência Acadêmica.

Impressões pessoais sobre notícias ou sobre episódios cotidianos, além de informações de utilidade pública.

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Fazendo minha parte(?)









*************************************************************************************

ATENÇÃO: ANTES DE CONTINUAR LENDO ESTA MENSAGEM, DÊ UMA OLHADA EM:
http://conscienciaacademica.blogspot.com/2008/04/sobre-postagem-fazendo-minha-parte.html

Recebo muitas mensagens com pedidos de solidariedade, contando casos de pessoas que estão muito doentes e precisam de ajuda para realizar algum tratamento. Agora, vou apresentar um que recebi hoje e que me chamou atenção porque a requerente usou uma estratégia diferente: pediu auxílio à algumas empresas de sua cidade e em troca de apoio está ajudando a divulgá-las. Trata-se de uma moradora do interior de São Paulo, cuja filha nasceu com uma doença neurodegenerativa aparentemente incurável e irreversível, para a qual só existe tratamento disponível na Itália. Leia a mensagem transcrita a seguir, por obséquio:


"Pessoal, meu nome é Cristina dos Santos, sou moradora da cidade de Birigui a alguns anos, e preciso da ajuda de todos vocês, pois não sei mais o que fazer. Eu sempre sonhei em ter um monte de filhos, adoro crianças, mas embora eu e meu marido tentássemos sempre, nunca conseguiamos
engravidar.
Ao custo de muito esforço, juntamos dinheiro e eu fiz um tratamento com o Dr.Sérgio Marttoreli, e finalmente consegui realizar meu sonho e ter um bebê. Há cerca de um ano atrás nasceu a minha Ana Cláudia, meu anjinho, que trouxe uma nova alegria pra minha vida, e me proporcionou algo indescritivel..
A Ana Claudia crescia normalmente, até que completou 6 meses de vida, e eu comecei a estranhar que ela não se mexia muito, era muito quietinha.
O médico fez alguns exames nela, não conseguiu detectar nada, mas mesmo assim pediu alguns exames mais detalhado.
Quando o resultado chegou,minha vida desabou, pois Ana Claudia tem uma rara doença que vai paralisando seu corpo lentamente, fazendo que seus órgãos internos parem pouco a pouco de funcionar, até que o doente morra sufocado, pois o pulmão não consegue mais respirar.
Eu fiquei desesperada, sem saber o que fazer, pois o médico me garantiu que não existia nem tratamento para tal doença, que tudo que podiamos fazer seria sentar e esperar pela morte da minha menina, só assistindo ela definhar dia a dia. Não me conformando com a situação eu pedi demissão do meu emprego e comecei a pesquisar, até que descobri que um médico italiano desenvolveu um tratamento que pode salvar minha filha; só que para que ela tenha alguma chance nós precisamos ir para a Itália, e morar lá por cerca de um ano, que é quanto dura o tratamento.
Imagina meu desespero ao saber que meu anjo poderia ser salvo, mas eu não tinha condi ções nem de ir para a Italia, quanto mais morar lá.
Num ato de desespero supremo saí de fábrica em fábrica da cidade pedindo ajuda, e finalmente c onsegui ajuda de 7 grandes fábricas, que vão mandar eu e minha filha pra itália e nos sustentar
l pelo tempo necessário do tratamento, mas, para que eles não saiam perdendo, eu preciso fazer minha parte, que é a propaganda dessas fábricas.
Conversei com um provedor aqui de minha cidade e eles vão me auxiliar; tudo eu preciso fazer mandar essa mensagem para o maior número possível de pessoas, e pedir encarecidamente que
elas mandem para o maior numero possível de conhecidos, e quando atingir a marca de 10 mil emails enviados, eu poderei ir para a Itália salvar minha filha ..

Por favor, mandem essa mensagem pra todos os seus conhecidos, quanto mais mensagens vc mandar, mais chance minha filha tem de sobreviver.

Obrigado.

Cristina."

Só estou repassando aqui porque não acredito que alguem tivesse a cara de pau de usar uma criança doente ou de inventá-la a fim de promover sua marca. Por isso acredito que este apelo seja real. Se você também acredita, repasse esta mensagem, por favor. Se quiser receber a mensagem original e repassá-la também, deixe um comentário aqui com seu endereço eletrônico que eu envio para você. De qualquer maneira, vou checar a veracidade destas informações e já passei um antivírus na mensagem.

As fotos do começo do texto são da criança e de algumas das empresas que ajudaram até agora.

3 comentários:

Designa disse...

A cidade de Birigui é conhecida como a Capital Nacional do Calçado Infantil. Daí porque as mensagens circulam com logotipos de várias dessas empresas.

Miguel Stefanelli, um dos nossos colaboradores, não acreditou nessa história e consultou o Sindicato das Indústrias de Birigui que respondeu:

" Informamos que esta mensagem é falsa e que nenhuma das empresas citadas está envolvida no caso, pois nem ao menos conhecem esta pessoa e jamais utilizariam este tipo de "publicidade" para divulgarem seus produtos."

Ynot Nosirrah disse...

Agora eu não entendi o que essa pessoa tem a ganhar, fazendo propaganda de graça para essas empresas.
Obrigado, Designa.

carla disse...

A pessoa só quer gerar SPAM....Acorda!!! Isso não existe... Não é propaganda gratuita, é gente que não tem o que fazer...